Pular para o conteúdo principal

Por que as pessoas estão aderindo à energia solar?


Você sabia que cada vez mais as pessoas estão buscando a energia solar fotovoltaica como fonte de eletricidade para a residência? As razões para isso são muitas e, para ajudar você a entender melhor esse novo cenário que começa a se desenhar elaboramos uma lista com os principais motivos que estão fazendo com que as pessoas cada vez mais encontrem na energia solar a solução para muitos problemas.
Mas, antes de começar precisamos responder à seguinte pergunta: o que é energia solar? Simples, a energia solar é aquela que é obtida por meio da luz do Sol. Dessa forma, uma placa solar transforma a energia contida nos raios do sol em corrente elétrica. Quase mágico, não?

A energia solar ajuda você a economizar – e muito!

Uma das principais razões para que as pessoas estão aderindo cada vez mais a energia solar é por causa dos inúmeros ganhos financeiros que ela pode proporcionar para o seu bolso.
A energia solar valor permite que você reduza sua conta de luz em até 95%. Sinal disso é o crescimento exponencial que essa fonte de energia tem tido nos últimos anos aqui no Brasil. A produção de energia solar fotovoltaica saltou de 214 MW em 2016 para 9.601 MW em 2017, um aumento de 4.470%.
No âmbito dos microgeradores e minigeradores de energia elétrica a partir dos sistemas fotovoltaicos, o crescimento foi de quase 70% em menos de um ano, de acordo com dados de 2018 da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). 
Além disso, o retorno sobre o investimento inicial pode ser alcança em um período de cinco a seis anos e os painéis solares possuem uma vida útil de 25 anos. Pensando em longo prazo, investir em energia solar pode ser até mais vantajoso do que aplicar seu dinheiro na poupança!

Reduz sua dependência das concessionárias de energia

 Outro fator que conta muito no momento de escolher a energia solar como fonte para eletricidade de sua casa é a maior independência que você terá da sua concessionária local. Muito mais que isso, sua relação com ela pode até se tornar vantajosa. Isso ocorre devido ao fato de que você possui a possibilidade de enviar o excedente de produção diretamente para as linhas de transmissão da concessionária da sua cidade. Esse excedente enviado é devidamente registrado e você fica com um ‘bônus’ que pode ser compensado na sua conta de energia futura.

A energia solar é uma energia limpa

O Sol é considerado uma fonte inesgotável de energia. Isso significa que, além de ser considerado uma fonte renovável, toda a eletricidade que produzimos a partir dele por meio das placas fotovoltaicas é limpa – não polui o meio ambiente.
Isso é particularmente importante em um momento em que a atenção de toda a humanidade começa a dar uma atenção especial para a urgência de tratar as questões ambientais. Nesse contexto, a importância de cada indivíduo, de cada cidade, estados ou país assume um papel central.
O exemplo mais claro disso é o Acordo de Paris, tratado aprovado por 195 países do mundo e que tem como objetivo central o fortalecimento da resposta global às mudanças climáticas, além de reforçar a capacidade dos países para lidar com os desastrosos impactos dessas mudanças.
Apesar de haver ainda muito demagogismo em relação aos impactos das ações humanas no planeta, é importante notar que o aquecimento global não é um mito e nem mesmo uma questão de opinião. Muito pelo contrário, ele é um fato que apresenta uma extensa literatura científica que o corrobora.
Mesmo que um painel solar possa significar uma contribuição mínima para o meio ambiente, ainda assim se configura como uma contribuição. É uma ação que você toma pensando tanto no presente como no futuro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Efeitos colaterais do Minoxidil - São perigosos? Veja as reações adversas do tratamento

Infelizmente o suficiente, a perda de cabelo é, sem dúvida, um problema comum em muitas pessoas, tanto homens e mulheres. No entanto, com o avanço da ciência, tecnologia e investigação, os cientistas foram capazes de identificar e sintetizar substâncias que firmemente benefício a prevenção de perda de cabelo. Estes eficaz da perda de cabelo curas têm, contudo, alguns efeitos graves. As duas comumente usados ingredientes em diferentes produtos do crescimento do cabelo são a Finasterida e o Minoxidil.

Propecia ou Finasteride como é conhecido, existe desde 1997. A substância é conhecida a bloquear a conversão de testosterona em andrógeno, que normalmente é responsável pela perda de cabelo. No entanto, ele também é capaz de efeitos colaterais desagradáveis.

Propecia não é realmente uma cura da perda de cabelo. Ele funciona enquanto você está tomando e uma vez que você parar a queda do cabelo vai voltar, muitas vezes, a uma taxa maior do que a primeira experiência.


Além disso, alguns dos e…

Minoxidil - Como tomar e para que serve? Faz crescer a barba e cabelo mesmo?

O minoxidil normalmente vem com as instruções para pacientes. É importante que você leia atentamente as instruções. Minoxidil para barba funciona mesmo porque funciona muito por conta da substância que age diretamente no folículo.

É muito importante que você use este medicamento somente como dirigido. Não use mais do mesmo e não usá-lo mais frequentemente do que o seu médico receitou. Para fazer isso pode aumentar a chance de ele ser absorvido através da pele. Pela mesma razão, não se aplicam minoxidil para outras partes do seu corpo. Absorção no organismo pode afetar o coração e os vasos sanguíneos e causar efeitos indesejados.


Não utilize qualquer outro produto de pele na mesma área da pele em que você usar o minoxidil. Coloração do cabelo, cabelos permanentes, e o cabelo relaxantes podem ser usados durante o minoxidil terapia enquanto o couro cabeludo é lavado antes de aplicar a coloração do cabelo, permanente ou relaxante. Minoxidil não deve ser usado 24 horas antes e após o trata…

Número de refugiados ao redor do mundo e informações

De acordo com a Convenção das Nações Unidas para os refugiados de 1951, a diferença entre refugiados e requerentes de asilo é clara. Um requerente de asilo deixou o seu país e procura proteção contra a perseguição. Um refugiado já recebeu essa proteção. Os refugiados têm direito à proteção internacional enquanto procuram asilo é um direito humano, o que significa que todos devem ser autorizados a entrar noutro país para pedir asilo. As pessoas deslocadas internamente (deslocados internos) estão essencialmente em fuga no seu próprio país: os refugiados que não foram capazes nem dispostos a atravessar uma fronteira internacional. No que se refere aos migrantes, as definições são muito mais imprecisas. Alguns presumem que um migrante está em movimento para procurar uma vida melhor. Mas se essa pessoa está deixando a penúria e a fome de uma fazenda no Sahel para sobreviver, eles são migrantes ou refugiados? A Organização Internacional para as Migrações (OIM), portanto, define um migrante…