Pular para o conteúdo principal

Diga Olá em Inglês

O inglês básico é fundamental no currículo das pessoas, tanto para se comunicar fora do país, na internet e principalmente quando elas vão viajar. Pois sem nem o básico dificulta a localização, pedidos de ajuda e etc. É preciso o mínimo do mínimo para se aproximar de alguém. Uma bela maneira de fazer isso é começando pelas expressões de cumprimento e saudações.

Elas indicam o início de uma conversa para que o restante possa se desenvolver. Você precisa conhecê-las até mesmo para explicar à um estrangeiro que você não fala em inglês. São bastante fáceis de serem decoradas e aprendê-las pode firmar um pouco mais de segurança para você.


Quando for preciso cumprimentar alguém em inglês você já saberá exatamente o que dizer. Assim como na língua portuguesa, que não existe apenas uma única maneira de dizer "oi" à alguém, o mesmo acontece na língua estrangeira. Quanto mais rico for seu vocabulário, mais expressões você irá conhecer e melhor saberá quando usar elas.

Hi / Hello

Hi ou Hello são as mais usadas. Isso porque equivalem ao nosso "Oi" ou "Olá", elas são bastante versáteis e podem ser aplicadas em qualquer situação. Você pode cumprimentar assim um amigo, seu chefe ou desconhecidos abordados na rua.
A expressão também equivale ao responder um chamado, quando falam seu nome, ou até mesmo para atender telefone.

Good Morning / Good Afternoon / Good Night ou Good Evening


Cada uma deve ser usado em um período diferente do dia, o Good Morning é equivalente ao "Bom dia", para saudar alguém após acordar ou antes do meio dia. Já o good afternoon, indica que está desejando à alguém uma boa tarde e é usado ao longo do dia inteiro, enquanto o sol raiar. O good night e good evening são usados durante o período da noite, você pode usar em alguém quando encontrar essa pessoa no período noturno ou pra desejá-la uma boa noite.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Efeitos colaterais do Minoxidil - São perigosos? Veja as reações adversas do tratamento

Infelizmente o suficiente, a perda de cabelo é, sem dúvida, um problema comum em muitas pessoas, tanto homens e mulheres. No entanto, com o avanço da ciência, tecnologia e investigação, os cientistas foram capazes de identificar e sintetizar substâncias que firmemente benefício a prevenção de perda de cabelo. Estes eficaz da perda de cabelo curas têm, contudo, alguns efeitos graves. As duas comumente usados ingredientes em diferentes produtos do crescimento do cabelo são a Finasterida e o Minoxidil.

Propecia ou Finasteride como é conhecido, existe desde 1997. A substância é conhecida a bloquear a conversão de testosterona em andrógeno, que normalmente é responsável pela perda de cabelo. No entanto, ele também é capaz de efeitos colaterais desagradáveis.

Propecia não é realmente uma cura da perda de cabelo. Ele funciona enquanto você está tomando e uma vez que você parar a queda do cabelo vai voltar, muitas vezes, a uma taxa maior do que a primeira experiência.


Além disso, alguns dos e…

Minoxidil - Como tomar e para que serve? Faz crescer a barba e cabelo mesmo?

O minoxidil normalmente vem com as instruções para pacientes. É importante que você leia atentamente as instruções. Minoxidil para barba funciona mesmo porque funciona muito por conta da substância que age diretamente no folículo.

É muito importante que você use este medicamento somente como dirigido. Não use mais do mesmo e não usá-lo mais frequentemente do que o seu médico receitou. Para fazer isso pode aumentar a chance de ele ser absorvido através da pele. Pela mesma razão, não se aplicam minoxidil para outras partes do seu corpo. Absorção no organismo pode afetar o coração e os vasos sanguíneos e causar efeitos indesejados.


Não utilize qualquer outro produto de pele na mesma área da pele em que você usar o minoxidil. Coloração do cabelo, cabelos permanentes, e o cabelo relaxantes podem ser usados durante o minoxidil terapia enquanto o couro cabeludo é lavado antes de aplicar a coloração do cabelo, permanente ou relaxante. Minoxidil não deve ser usado 24 horas antes e após o trata…

Número de refugiados ao redor do mundo e informações

De acordo com a Convenção das Nações Unidas para os refugiados de 1951, a diferença entre refugiados e requerentes de asilo é clara. Um requerente de asilo deixou o seu país e procura proteção contra a perseguição. Um refugiado já recebeu essa proteção. Os refugiados têm direito à proteção internacional enquanto procuram asilo é um direito humano, o que significa que todos devem ser autorizados a entrar noutro país para pedir asilo. As pessoas deslocadas internamente (deslocados internos) estão essencialmente em fuga no seu próprio país: os refugiados que não foram capazes nem dispostos a atravessar uma fronteira internacional. No que se refere aos migrantes, as definições são muito mais imprecisas. Alguns presumem que um migrante está em movimento para procurar uma vida melhor. Mas se essa pessoa está deixando a penúria e a fome de uma fazenda no Sahel para sobreviver, eles são migrantes ou refugiados? A Organização Internacional para as Migrações (OIM), portanto, define um migrante…