Pular para o conteúdo principal

Até que ponto vale à pena ficar pagando aluguel?

Pagar aluguel de casa está cada vez mais caro, mas algumas pessoas só tem (ou preferem) essa opção para atingir a independência residencial. O problema é que, com o aquecimento do mercado imobiliário, os imóveis ficaram super valorizados nos últimos anos e, agora, pagar aluguel está cada vez mais difícil para muita gente.

O aluguel tem suas vantagens – ao contrário do que muita gente pensa e paga-lo pode ser uma boa saída. O aluguel é uma forma de conquistar o sonho de ter uma casa para chamar de sua, mesmo que momentaneamente, sem ter que investir de cara um capital de giro alto ou dar uma entrada expressiva no imóvel para dar conta de pagar as prestações.


Os imóveis podem ser alugados de forma simples, sem muita burocracia e rendem margem para negociações, o que é muito bom. Dessa forma a pessoa recebe as chaves e vai morar no lugar escolhido sem ter que despender de algum dinheiro extra para isso. Os contratos de aluguel de casa são curtos, com cerca de um ano de duração, e aí reside outra vantagem: caso você enjoe de morar no mesmo lugar durante muitos anos, pode simplesmente trocar de casa sem maiores complicações, sem ter que mexer em documentos ou vender uma casa para dar entrada em outra.

Mas tem gente que não compra essas vantagens, e espera o momento certo para adquirir a casa própria. Isso porque pagar aluguel tem várias desvantagens. Agora chegou a hora de apresenta-las: a primeira delas é que você poderia estar investindo num bem próprio, como a casa, e poupando algum dinheiro – mas, ao invés disso, está apenas pagando o aluguel, que não deixa de ser um investimento sem retorno.

Afinal, quando você sair do imóvel, não importa se ele desvalorizar ou valorizar, você não é a pessoa que vai se beneficiar com isso. Alguns dizem que pagar aluguel impossibilita muito a compra da casa própria, já que o dinheiro que poderia ser poupado é investido nas agências imobiliárias. Outra desvantagem é que no caso do aluguel você não pode fazer nenhuma reforma ou mudança de estrutura do imóvel sem antes entrar em contato com o dono do imóvel.

Por isso a casa própria, sem aluguel, ainda é a melhor opção. E para os que querem entrar de vez nesse sonho, o melhor momento para investir na casa própria é quando existir uma reserva boa de dinheiro (ou de bens) para servir de entrada e diminuir o valor (e os juros) das prestações. A dica é contatar o corretor de confiança para que ele possa estudar as melhores casas e apartamentos para cada tipo de bolso.

Não tenha medo de investir em uma casa própria! Nossas vidas são feitas de alguns sacrifícios, e para muitos, a casa própria é um desses sacrifícios que devemos encarar com muita coragem e determinação. O retorno que uma casa própria pode lhe render é inestimável, além de ser um bem que passará para as outras gerações. Invista num imóvel e realize esse sonho!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Efeitos colaterais do Minoxidil - São perigosos? Veja as reações adversas do tratamento

Infelizmente o suficiente, a perda de cabelo é, sem dúvida, um problema comum em muitas pessoas, tanto homens e mulheres. No entanto, com o avanço da ciência, tecnologia e investigação, os cientistas foram capazes de identificar e sintetizar substâncias que firmemente benefício a prevenção de perda de cabelo. Estes eficaz da perda de cabelo curas têm, contudo, alguns efeitos graves. As duas comumente usados ingredientes em diferentes produtos do crescimento do cabelo são a Finasterida e o Minoxidil.

Propecia ou Finasteride como é conhecido, existe desde 1997. A substância é conhecida a bloquear a conversão de testosterona em andrógeno, que normalmente é responsável pela perda de cabelo. No entanto, ele também é capaz de efeitos colaterais desagradáveis.

Propecia não é realmente uma cura da perda de cabelo. Ele funciona enquanto você está tomando e uma vez que você parar a queda do cabelo vai voltar, muitas vezes, a uma taxa maior do que a primeira experiência.


Além disso, alguns dos e…

Número de refugiados ao redor do mundo e informações

De acordo com a Convenção das Nações Unidas para os refugiados de 1951, a diferença entre refugiados e requerentes de asilo é clara. Um requerente de asilo deixou o seu país e procura proteção contra a perseguição. Um refugiado já recebeu essa proteção. Os refugiados têm direito à proteção internacional enquanto procuram asilo é um direito humano, o que significa que todos devem ser autorizados a entrar noutro país para pedir asilo. As pessoas deslocadas internamente (deslocados internos) estão essencialmente em fuga no seu próprio país: os refugiados que não foram capazes nem dispostos a atravessar uma fronteira internacional. No que se refere aos migrantes, as definições são muito mais imprecisas. Alguns presumem que um migrante está em movimento para procurar uma vida melhor. Mas se essa pessoa está deixando a penúria e a fome de uma fazenda no Sahel para sobreviver, eles são migrantes ou refugiados? A Organização Internacional para as Migrações (OIM), portanto, define um migrante…

Qual concurso público escolher?

Os concursos públicos oferecem vagas nas mais diversas instituições e cargos. 
Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade e com os mais variados salários e benefícios. Por exemplo, você pode escolher uma vaga na esfera municipal: são 5.570 prefeituras e 5.570 câmaras municipais. Ou uma oportunidade estadual: existem 56 corporações da Polícia (entre militares e civis), 27 secretarias da Fazenda, 27 corporações do Corpo de Bombeiros, 121 tribunais. Não podemos esquecer também da esfera federal, com grandes órgãos como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Banco Central do Brasil (BACEN), entre outros.



Para escolher entre os concursos abertos, concursos com edital publicado ou concursos previstosvocê pode pesquisar informações nos sites e redes sociais dos órgãos nos quais deseja ingressar.

Outra opção são os blogs de notícias que atualizam diariamente informações sobre os status dos c…