Arquivo mensais:maio 2017

É Proibido Fumar!

O tabaco é responsável por uma série de doenças. Ficar exposto a todas toxinas presentes na fumaça gera uma infinidade de problemas para saúde, problemas que podem se apresentar no pulmão, evoluindo para doenças cardiovasculares.

São inúmeros avisos e campanhas para alertar os malefícios do cigarro para a vida do fumante. Mas não custa utilizar o espaço do site para informar, mais uma vez, sobre todos os problemas decorrentes dessa droga. Como foi dito acima, o fumante pode sofrer com doenças cardiovasculares, listamos alguns desse efeitos:

acidente vascular cerebral;
ataque cardíaco;
angina de peito;
arteritis dos membros inferiores;
gangrena;
aneurisma da aorta abdominal;
hipertensão;
aterosclerose;
alterações do ritmo cardíaco isquêmico;
morte súbita.

E engana-se quem pensa que os efeitos listados acima são apenas em pessoas mais velhas. Até mesmo os fumantes mais novos, que tiveram uma exposição menor às tôxinas, podem sofrer qualquer uma dessas consequências. Vale reforçar: O tabagismo é a causa de mais da metade das mortes por doenças cardiovasculares.

Câncer provocado pelo cigarro

O tabagismo é responsável por mais de 30% de todas as mortes por câncer. E o câncer de pulmão naõ escolhe idade. Assim como os problemas cardiovasculares, o câncer provocado pelo cigarro mata cada vez mais jovens que acreditam estar imunes, pelo menos agora, dos malefícios do tabagismo. Além disso, o câncer de pulmão não escolhe quem ele ataca, independente se o fumante é homem e mulher.

Além do câncer de pulmão, uutros tipos de câncer podem se desenvolver por conta do uso intenso do cigarro. Veja:

Câncer de laringe;
Câncer de esôfago;
Câncer gástrico;
Câncer no pâncreas;
Câncer do colo do útero em mulheres jovens;
Câncer de bexiga;
Câncer do rim e do trato urinário;
Certos tipos leucemias.

Também tem as doenças respiratórias

O número de fumanetes que morrem por conta de doenças respiratórias aumenta a cada ano. Entre os principais tipos de doenças respiratórias causadas pelo cigarro, estão:

insuficiência respiratória;
enfisema pulmonar;
bronquite crónica;
infecções de ouvido agudas, traquéia, brônquios e pulmão.

Essas doenças podem começar sem que o fumante perceba e, ao se instalar, pode ser tarde de mais. Tudo pode começar com uma simples crise de tosse, evoluindo para falta de ar e bronquite. Após isso, o quadro pode evoluir para doenças broncopulmonares. Em todos esses casos citados, o tabagismo é o principal fator de risco. Quem sofre com qualquer uma dessas doença citadas passa por longos períodos de deficiência, que são caracterizados por dispnéia progressiva.

São tantos malefícios que o usuário do tabaco enfrenta que a pergunta que fazemos é: “O que você está esperando para começar a parar?” É claro que entendemos que o fumante é um viciado que precisa de ajuda para largar o vício, porém, ajuda existe, basta que a vontade parta de quem precisa se livrar do problema, no caso, o fumante. Se você vive esse dilema, procure compreender que você tem muito mais a ganhar largando o cigarro. Começa agora mesmo essa batalha e tenha uma nova vida!

Gênios bebês

Ter gênios bebês parece ser o sonho de todo pai e mãe. Uma prova disso são as vendas de DVDs que prometem fazer do seu filho um Einstein, tanto quanto as matrículas em escolas bilíngues e mil outras atividades criadas para fazer das crianças atuais pessoas mais inteligentes que seus ancestrais.

Li na semana passada uma reportagem da revista Época intitulada O mundo segundo os bebês, escrita por Marcela Buscato. Embora seja um pequeno tratado de novidades e estudos sobre a mente dos bebês, com informações sobre a real capacidade cognitiva deles, a matéria é um balde de água fria em certos pais que esperam que os aparelhos eletrônicos façam tudo por seu filho. A realidade – que achei muito positiva – é que o contato humano ainda é o maior incentivo para uma criança. E neste sentido, Marcela Buscato indicou algumas coisa que dão certo para estimular a inteligência do bebê:

– Falar tatibitate – as frases curtas com pronunciação estendida de sílabas e vogais torna os sons mais claros e ajuda no desenvolvimento da linguagem

– Deixar adultos à disposição – mesmo que a criança esteja na escolinha, é importante procurar uma boa relação de crianças/professores para o bebê receber mais atenção e estímulos sociais

– Dar brinquedos de montar – eles dão mais liberdade e, segundo um estudo, as crianças que brincam com eles têm desempenho 15% melhor do em testes de linguagem do que as expostas só à games e televisão

– Deixar o bebê no chão – ficar no chão, com supervisão de um adulto, estimula os bebês a engatinhar e tentar alcançar os objetos para brincar

– Contar historias em voz alta – os sons ajudam os bebês a reconhecer os sons das palavras e a desenvolver as conexões cerebrais ligadas à linguagem

– Manter olho no olho – mesmo nos passeios de carrinho, esta atitude ajuda a fortalecer a interação social e o desenovolvimento infantis

– Beijar, abraçar, apertar, rir, brincar e dar atenção – estimular a empatia protegeria as áreas ligadas à emoção e memória

Como vêem, não é preciso muito dinheiro para ter filhos que desenvolvam sua capacidade intelectual com sucesso, o imprescindível é ter amor e dar atenção a esta fase.

Frizz: saiba como domar esse vilão

Sabe quando você faz aquele penteado lindo, mas aqueles fios arrepiados cismam em aparecer? Esses são os chamados “frizz”, vilão do dia a dia de grande parte das mulheres. Principalmente nos dias mais frios ou com o clima mais úmido, controlar esses fios parece ainda mais difícil, e o cabelo ainda fica com um aspecto de desidratado.

Mas esse problema do cabelo mais rebelde tem solução, e ela pode ser mais simples e prática do que parece. Com alguns cuidados, você pode garantir um cabelo mais bonito e saudável e domar o grande vilão que é o frizz. Confira as dicas:

Acerte na escolha do shampoo e condicionador
Principalmente em épocas de outono e inverno, quando a temperatura está mais baixa, é importante que o shampoo e o condicionador sejam escolhidos corretamente para cada tipo de cabelo. Além de fazer a opção mais adequada para o tipo dos seus fios, eleja produtos de qualidade e que contem com ingredientes específicos para combater o frizz. A Inoar, por exemplo, possui kits que proporcionam um efeito anti-frizz enquanto confere aos fios brilho, hidratação e maciez. O Inoar Gengibre Fresh Anti Frizz também é uma excelente opção para proteger os fios dos agentes ambientais e dar um fim à estática, acabando com o efeito dos “fios arrepiadinhos”.

Aposte em hidratantes para deixar os fios mais saudáveis
Outra dica de ouro é utilizar máscaras de cabelo e buscar hidratar o cabelo constantemente. Ao menos uma vez por semana ou a cada quinze dias, reserve um tempo e produtos adequados para cuidar dos fios. Uma boa pedida é a Natura Ekos Máscara Hidratante para Cabelos Castanha, que nutre e fortalece cabelos quebradiços. Esse tipo de cuidado diminui significativamente o frizz, pois impede que a umidade penetre nos fios.

Tenha sempre produtos leave-in e finalizadores em mãos
Esse tipo de produto é extremamente importante, principalmente para as adeptas do secador e da chapinha: leave-ins e finalizadores colaboram para que os fios fiquem comportados por mais tempo. O leave-in, principalmente é o responsável por selar a hidratação e proteger o cabelo contra danos externos, como calor, poluição, dentre outros, que propiciam o surgimento do frizz.

Uma boa aposta de produto para ser usado como finalizador é o Avon Advance Techniques Liso Intenso Creme Desfrizante Efeito Liso, que dá um ótimo acabamento para os fios deixando-os sedosos, brilhantes, soltos e – claro – com menos frizz.

Corte o cabelo regularmente
É muito importante manter o corte dos fios em dia, nem que seja com um simples corte das pontas. Com esse cuidado periódico, você evitará pontas duplas e frizz. Não existe um período estabelecido para isso, mas sempre que sentir necessidade é bom que deixe as madeixas em dia.

Tenha cuidado com o uso de secador
Devido à alta temperatura, expor o cabelo por muito tempo ao secador compromete a elasticidade dos fios, tornando-os menos saudáveis. Desta forma, sempre que possível, apenas retire o excesso de umidade com o uso da toalha, de forma suave, e deixe que os cabelos sequem naturalmente.

Evite banhos quentes e demorados
A água quente é sempre inimiga de cabelos saudáveis, uma vez que diminui a oleosidade natural dos fios e promove o ressecamento. O mais indicado é que sempre optar por água fria, uma vez que ela fecha as cutículas do cabelo.

Para ter um final feliz com as madeixas, procure dedicar alguns minutos do seu dia a todos esses cuidados. Desta forma, o cabelo ficará mais saudável e hidratado, com um brilho natural e com os fios mais controlados, evitando o frizz.

Agora que já sabe como domar os fios e deixá-los ainda mais bonitos, que tal compartilhar esse artigo com suas amigas? Aproveite para deixar seu comentário e continue acompanhando nosso blog que está sempre com dicas e novidades de beleza para você!

Vale a pena pagar aluguel em Curitiba?

Pagar aluguel de casa em Curitiba está cada vez mais caro, mas algumas pessoas só tem (ou preferem) essa opção para atingir a independência residencial. O problema é que, com o aquecimento do mercado imobiliário, os imóveis em Curitiba ficaram super valorizados nos últimos anos e, agora, pagar aluguel está cada vez mais difícil para muita gente.

O aluguel tem suas vantagens – ao contrário do que muita gente pensa e paga-lo pode ser uma boa saída. O aluguel é uma forma de conquistar o sonho de ter uma casa para chamar de sua, mesmo que momentaneamente, sem ter que investir de cara um capital de giro alto ou dar uma entrada expressiva no imóvel para dar conta de pagar as prestações. Os imóveis em Curitiba podem ser alugados de forma simples, sem muita burocracia e rendem margem para negociações, o que é muito bom. Dessa forma a pessoa recebe as chaves e vai morar no lugar escolhido sem ter que despender de algum dinheiro extra para isso. Os contratos de aluguel de casa são curtos, com cerca de um ano de duração, e aí reside outra vantagem: caso você enjoe de morar no mesmo lugar durante muitos anos, pode simplesmente trocar de casa sem maiores complicações, sem ter que mexer em documentos ou vender uma casa para dar entrada em outra.

Mas tem gente que não compra essas vantagens, e espera o momento certo para adquirir a casa própria. Isso porque pagar aluguel tem várias desvantagens. Agora chegou a hora de apresenta-las: a primeira delas é que você poderia estar investindo num bem próprio, como a casa, e poupando algum dinheiro – mas, ao invés disso, está apenas pagando o aluguel, que não deixa de ser um investimento sem retorno. Afinal, quando você sair do imóvel, não importa se ele desvalorizar ou valorizar, você não é a pessoa que vai se beneficiar com isso. Alguns dizem que pagar aluguel impossibilita muito a compra da casa própria, já que o dinheiro que poderia ser poupado é investido nas agências imobiliárias. Outra desvantagem é que no caso do aluguel você não pode fazer nenhuma reforma ou mudança de estrutura do imóvel sem antes entrar em contato com o dono do imóvel.

Por isso a casa própria, sem aluguel, ainda é a melhor opção. E para os que querem entrar de vez nesse sonho, o melhor momento para investir na casa própria é quando existir uma reserva boa de dinheiro (ou de bens) para servir de entrada e diminuir o valor (e os juros) das prestações. A dica é contatar o corretor de confiança para que ele possa estudar as melhores casas e apartamentos para cada tipo de bolso.

Não tenha medo de investir em uma casa própria! Nossas vidas são feitas de alguns sacrifícios, e para muitos, a casa própria é um desses sacrifícios que devemos encarar com muita coragem e determinação. O retorno que uma casa própria pode lhe render é inestimável, além de ser um bem que passará para as outras gerações. Invista num imóvel e realize esse sonho!